Daniel Adisaka disputa liderança na 3ª etapa do Hang Loose Surf Attack

Atual campeão sub16, Daniel Adisaka disputa liderança em 2 categorias na 3ª etapa do

Hang Loose Surf Attack

EVENTO SERÁ NA PRAIA DO TOMBO, EM GUARUJÁ, DIAS 28 A 30 DESTE MÊS

No ano passado, Daniel Adisaka ergueu a taça de campeão paulista sub16 na Praia do Tombo, em Guarujá, e agora pode dar uma guinada para novas conquistas no mesmo pico, na 3ª etapa do Hang Loose Surf Attack, nos próximos dias 28 a 30. O surfista de Ubatuba e que atualmente mora em Maresias, onde treina no Instituto Gabriel Medina (IGM), chega no evento numa situação bem favorável.

Na sub16 está em segundo lugar, mas como o líder, Eduardo Motta, já se despediu da carreira amadora na etapa anterior, ele é o virtual primeiro colocado. Já na faixa etária acima, a sub18, também está na vice-liderança, com um surfista catarinense, Uriel Sposaro, à sua frente e, portanto, sendo o melhor paulista no ranking. Na etapa anterior, em Maresias, ele foi um dos grandes destaques, com a vitória entre os mais velhos e o terceiro lugar na sua categoria.

Apesar das chances de sair de Guarujá com uma liderança dupla, ele evita a euforia e mantém cautela. “Minha expectativa está alta, mas só vou comemorar mesmo depois do título. Vou manter o foco. Tive um intervalo longo de competição, por isso deu tempo de me preparar, evoluir para chegar bem”, avisa.

Outra boa vantagem é o conhecimento e o retrospecto na praia que receberá o evento. “Gosto muito do Tombo. Já competi várias vezes nessa praia, na maioria cheguei até a final e ano passado tive meu título paulista lá”, ressalta o surfista de 16 anos.

Daniel descarta qualquer tipo de pressão e acredita em sua preparação para alcançar seus objetivos. “Estou determinado, porque sei que ser campeão do Hang Loose Surf Attack me faz acreditar que posso ir mais longe, o nível é altíssimo com atletas de vários estados”, diz. “Estou preparado, as pranchas estão ótimas e penso estar colhendo resultados de um trabalho de anos, sendo os dois últimos no IGM”, afirma o surfista, elogiando o centro de treinamento de alto rendimento criado pelo primeiro brasileiro campeão mundial de surf.

“Tudo o que a gente faz lá, como apneia, funcional, natação, análise de vídeo, entre outros treinos, é voltado ao surf, como baterias, físico. Com certeza absoluta, meus resultados melhoraram muito. Conheci pessoas boas, tanto profissionais quanto atletas, e abriu portas de patrocínios. É um lugar muito agradável”, reforça o atleta, citando outro grande benefício vivido no local, a convivência com o ídolo. “É muito legal ver o campeão mundial treinando do seu lado, no mesmo lugar. Muito inspirador”, complementa.

O Hang Loose Surf Attack 2018 tem os patrocínios de Overboard Action Sports Store, Surf Trip, Super Tubes, Hot Water, Kyw e Sthill, com copatrocínios de Rhyno Foam e CT Wax. Apoios da Prefeitura de Guarujá, Associação de Surf de Guarujá (ASG), Governo do Estado de São Paulo/Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude, com divulgação de Waves e FMA Notícias. Organização da Federação Paulista de Surf.


Divulgação por: FMA NOTÍCIAS

 

Gostou da Postagem? curte ai ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.