Peruano segue na luta do título mundial Junior em Taiwan

Peruano segue na luta do título mundial Junior em Taiwan

Jhonny Guerrero passou pela repescagem encerrada na quarta-feira de apenas quatro baterias disputadas para definir os confrontos da terceira fase masculina do Taiwan Open of Surfing

O peruano Jhonny Guerrero também passou pela repescagem e quatro sul-americanos seguem na batalha do título mundial Pro Junior da World Surf League na Ilha Taiwan. Na quarta-feira, só foram realizadas as quatro baterias que restavam para fechar a repescagem masculina, devido aos fortes ventos afetando a qualidade das ondas em Jinzun Harbour. Eram os resultados que faltavam para definir os confrontos da terceira fase masculina, que vai começar e terminar com os brasileiros disputando vagas para a rodada classificatória para as quartas de final.

Jhonny Guerrero PER foto por Jack Barripp
Jhonny Guerrero PER foto por Jack Barripp

A primeira bateria será a do atual campeão sul-americano Pro Junior da WSL South America, Samuel Pupo, com o francês Tiago Carrique. Depois, tem outro paulista, Eduardo Motta, no oitavo duelo com o australiano Callum Robson. O peruano Jhonny Guerrero foi para décima bateria, encabeçada pelo norte-americano Tyler Gunter. E o catarinense Mateus Herdy, campeão sul-americano Pro Junior de 2017, vai fechar a segunda rodada eliminatória do Taiwan Open of Surfing contra o sul-africano Luke Thompson.

O peruano Jhonny Guerrero disputou o terceiro e penúltimo confronto da quarta-feira em Jinzun Harbour. Ele conseguiu surfar algumas direitas, mas garantiu sua primeira vitória em Taiwan nas esquerdas, como as da maioria das praias no Peru. Ele dominou a bateria desde a primeira onda que pegou e sacramentou a passagem para a terceira fase com nota 7,00 na última. Foi a maior nota do dia e ele também fez o maior placar, 13,60 contra 10,37 do sul-africano Eli Beukes, eliminado em último lugar no Mundial Pro Junior de 2018.

Jhonny Guerrero PER foto por Tim Hain
Jhonny Guerrero PER foto por Tim Hain

“Embora o vento muito forte nessa bateria, as esquerdas ainda estavam boas, com paredes mais lisas para as manobras”, analisou Jhonny Guerrero. “Este é um lugar muito divertido para um campeonato. As ondas não pararam de bombar desde que cheguei aqui e é legal que temos alguns peruanos competindo aqui. O Raul (Dañino) perdeu, mas a Sol (Aguirre) ainda está no feminino e eu também. Eu realmente adoraria ver um peruano no Championship Tour em breve”.

CATEGORIA FEMININA – As meninas não competiram na quarta-feira, mas a repescagem delas já havia sido finalizada na terça-feira e a terceira fase feminina já é a rodada classificatória para as quartas de final. A atual bicampeã sul-americana da WSL South America, Sol Aguirre, vai participar da primeira batalha por duas vagas. Suas adversárias são a havaiana Gabriela Bryan e a norte-americana Samantha Sibley, que despachou a outra integrante do time sul-americano na repescagem, a argentina Catalina Mercerê.

A disputa pelos títulos mundiais da categoria Pro Junior para surfistas com até 18 anos de idade no Taiwan Open of Surfing está sendo transmitida ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo aplicativo WSL e pelo Facebook Live da World Surf League. A próxima chamada para as duas categorias será as 7h00 da quinta-feira em Taiwan, 21h00 da quarta-feira no horário de verão do Brasil.


Divulgação por: João Carvalho WSL South America Media Manager

www.worldsurfleague.com

(Visited 25 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.