Sul-africano ganha o título mundial de Longboard em Taiwan

Sul-africano ganha o título mundial de Longboard em Taiwan

Steven Sawyer barrou o tricampeão Taylor Jensen nas semifinais e derrotou o havaiano Kai Sallas na decisão do Taiwan Open of Surfing no domingo e na segunda-feira começa o Pro Junior

O sul-africano Steven Sawyer, 24 anos, é o novo campeão mundial de Longboard da World Surf League. Ele conquistou seu primeiro título na final do Taiwan Open of Surfing contra o havaiano Kai Sallas. Antes, tinha barrado o defensor do título que buscava o tetracampeonato, Taylor Jensen, dos Estados Unidos. Nenhum sul-americano chegou no domingo decisivo do Mundial de Longboard e nesta semana o evento define nas mesmas ondas de Jinzun Harbour, os títulos mundiais da categoria Pro Junior, para surfistas com até 18 anos de idade. A primeira chamada será as 7h00 da segunda-feira em Taiwan, 20h00 do domingo no Brasil.

Steven Sawyer AFR por Jack Barripp
Steven Sawyer AFR por Jack Barripp

O time sul-americano formado nas seletivas da WSL South America, ficou composto pelos brasileiros Samuel Pupo e Eduardo Motta, os peruanos Jhonny Guerrero, Raul Dañino e Sol Aguirre na equipe feminina junto com a argentina Catalina Mercere. Além deles, o brasileiro Mateus Herdy vai competir como convidado da WSL. O formato de disputa é o mesmo das etapas do World Surf League Championship Tour que foi utilizado no Mundial de Longboard, com 36 desafiantes na categoria masculina e dezoito na feminina.

Steven Sawyer AFR por Tim Hain
Steven Sawyer AFR por Tim Hain

Nos pranchões, há muitos anos o último dia do evento que decidiu o título não tinha algum surfista da América do Sul, como aconteceu neste domingo na Ilha Taiwan. Os bicampeões mundiais Phil Rajzman e Piccolo Clemente perderam na quarta fase no sábado, junto com o brasileiro Jefson Silva, com os três ficando em nono lugar no ranking 2018 da WSL. Na mesma posição terminaram a carioca Chloé Calmon e a pernambucana Atalanta Batista no feminino.

Kai Sallas HAV por Tim Hain
Kai Sallas HAV por Tim Hain

Um dos surfistas que barrou Phil Rajzman acabou se tornando o campeão mundial no domingo. No último dia, o sul-africano Steven Sawyer despachou dois norte-americanos para chegar na decisão do título, Tony Silvagni nas quartas de final e o tricampeão Taylor Jensen nas semifinais. Já o havaiano Kai Sallas derrotou o francês Edouard Delpero que venceu esta etapa de Taiwan no ano passado e outro americano nas semifinais, Cole Robbins.

“Eu ainda me belisco para ver se não estou sonhando quando surfo contra caras como o Kai (Sallas), Taylor (Jensen) e Harley (Ingleby)”, disse Steven Sawyer. “Eles são todos meus ídolos e competir contra eles é quase surreal para mim. Eu fiquei vendo o Kai quebrando a semana toda e já achava que ele seria o cara a ser batido esse ano aqui. Então, eu entrei na final muito nervoso, mas depois acalmei com o incrível apoio que estava recebendo do público na praia, o que me deixou muito animado para vencer o evento. Esta é a segunda vez que venho à Taiwan e acho que foi a melhor viagem que fiz na vida. É um lugar incrível, com ondas incríveis e agora se tornou ainda mais especial para mim”.


RESULTADOS DO ÚLTIMO DIA DO TAIWAN OPEN OF SURFING:

Campeão: Steven Sawyer (AFR) por 16,10 pontos (8,17+7,93) – US$ 15.000 de prêmio

Vice-campeão: Kai Sallas (HAV) com 15,10 pontos (7,60+7,50) – US$ 7.500

SEMIFINAIS – 3.o lugar com US$ 3.750 de prêmio:

1.a: Steven Sawyer (AFR) 16.10 x 12.96 Taylor Jensen (EUA)

2.a: Kai Sallas (HAV) 15.80 x 15.10 Cole Robbins (EUA)

QUARTAS DE FINAL – 5.o lugar com US$ 2.250:

1.a: Steven Sawyer (AFR) 14.76 x 12.94 Tony Silvagni (EUA)

2.a: Taylor Jensen (EUA) 14.23 x 13.57 Harley Ingleby (AUS)

3.a: Kai Sallas (HAV) 16.33 x 12.83 Edouard Delpero (FRA)

4.a: Cole Robbins (EUA) 14.67 x 12.36 Antoine Delpero (FRA)

DECISÃO DO TÍTULO MUNDIAL FEMININO NO SÁBADO:

Campeã: Soleil Errico (EUA) por 15,96 pontos (8,23+7,73) – US$ 10.000 de prêmio

Vice-campeã: Rachael Tilly (EUA) com 14,17 pontos (7,27+6,90) – US$ 5.000

CAMPEÕES MUNDIAIS DE LONGBOARD DA WORLD SURF LEAGUE:

2018: Steven Sawyer (AFR) e Soleil Errico (EUA)

2017: Taylor Jensen (EUA) tricampeão e Honolua Blomfield (HAV)

2016: Phil Rajzman (BRA) bicampeão e Tory Gilkerson (EUA)

2015: Piccolo Clemente (PER) bicampeão e Rachael Tilly (EUA)

2014: Harley Ingleby (AUS) bicampeão e Chelsea Williams (AUS)

2013: Piccolo Clemente (PER) e Kelia Moniz (HAV) bicampeã

2012: Taylor Jensen (EUA) bicampeão e Kelia Moniz (HAV)

2011: Taylor Jensen (EUA) e Lindsay Steinriede (EUA)

2010: Duane Desoto (HAV) e Cori Schumacher (EUA)

2009: Harley Ingleby (AUS) e Jennifer Smith (EUA) bicampeã

2008: Bonga Perkins (HAV) bicampeão e Joy Monahan (HAV)

2007: Phil Rajzman (BRA) e Jennifer Smith (EUA)

2006: Josh Constable (AUS) e Schuyler McFerran (EUA)

2005: nenhuma etapa

2004: Joel Tudor (EUA) bicampeão

2003: Beau Young (AUS) bicampeão

2002: Colin McPhillips (EUA) tricampeão

2001: Colin McPhillips (EUA) bicampeão

2000: Beau Young (AUS)

1999: Colin McPhillips (EUA)

1998: Joel Tudor (EUA)

1997: Dino Miranda (HAV)

1996: Bonga Perkins (HAV)

1995: Rusty Keaulana (HAV) tricampeão

1994: Rusty Keaulana (HAV) bicampeão

1993: Rusty Keaulana (HAV)

1992: Joey Hawkins (EUA)

1991: Martin McMillan (AUS)

1990: Nat Young (AUS) tetracampeão

1989: Nat Young (AUS) tricampeão

1988: Nat Young (AUS) bicampeão

1987: Stuart Entwistle (AUS)

1986: Nat Young (AUS)


Fotos por : Jack Barripp e Tim Hain


Divulgação por: João Carvalho WSL South America Media Manager

www.worldsurfleague.com

(Visited 22 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.